Como tirar o visto canadense?

Uma das minhas maiores preocupações foi a respeito do visto canadense. Será que eu vou conseguir? Você entra num dilema: é preciso fechar negócio com a agência para dar o início no seu visto, mas ao mesmo tempo o medo de não conseguir é enorme, então logo já comecei a pensar que eu poderia perder uma boa grana nesse processo. No contrato da Egali existe a cláusula a respeito dessa situação (se o seu visto não é aprovado, como é a devolução do dinheiro). Mas, infelizmente, é um risco que você tem que correr.

O visto canadense é todo online, ou seja, não tem nenhuma entrevista presencial como o visto americano, por exemplo. Eu vou contar a seguir como foi a minha experiência com a consultoria da Egali, mas li que é bem tranquilo realizar o processo sozinho.

Quis fazer com a agência porque me falaram que eles tem 97% de taxa de aprovação de vistos. Então, eu, que sou leiga e nunca tentei tirar nenhum visto sozinha não quis arriscar. (Ah, e a partir de maio a entrada para turistas no Canadá vai ficar mais fácil. Se você tem interesse em visitar o país, vale a pena dar uma pesquisada nessa atualização).

Assim que eu fechei o contrato com a empresa, um consultor operacional entrou em contato comigo para darmos início a arrecadação dos documentos que eu precisava. Fiquei um tanto assustada no primeiro momento com a quantidade de documentos, mas é só ficar calmo e organizar que pode dar certo sim! 😊 E eu precisava correr contra o tempo, porque eles pedem um prazo de 60 dias para começar dar tempo de começar e dar o retorno da resposta e, no dia que eu fechei o contrato faltavam 81 dias para o meu embarque (então, pensa só em uma pessoa ansiosa e multiplica!).

Esse processo de 60 dias consiste em:

  • Recolhimento dos documentos (há um sistema online que você anexa o documento para o consultor conferir se está certo, antes de enviar o material físico);
  • Envio para a Egali de Porto Alegre;
  • Egali envia para o consulado canadense;
  • Retorno do visto.

E agora, vem cá e dá uma olhadinha nos documentos que a Egali pede:

  • 2 fotos 3×5 coloridas
  • Carta custeio (patrocinador)
  • Carta de intenções
  • Carta do empregador (p/ empregados)
  • Certificado de conclusão de curso (para formados)
  • Comprovação de emprego (p/empregados)
  • Comprovante de matrícula atual (p/estudantes)
  • Comprovantes de rendimentos mensais – 3 últimos meses (patrocinador)
  • Cópia da carteira de trabalho ou contrato social ou identidade profissional (patrocinador)
  • Extratos bancários – 3 últimos meses (patrocinador)
  • Formulário de consentimento do VAC
  • Formulário de uso do representante
  • Formulário IMM5257E
  • Formulário IMM5645E
  • Histórico escolar (atual ou já concluído)
  • Imposto de renda com recibo de entrega (patrocinador)
  • Passaporte (físico)
  • Questionário de informações adicionais
  • RG – Cópia

Eita! Muita coisa, né? São muitos documentos mesmo mas alguns bem tranquilos e em uma sentada você já consegue preencher uns formulários. Foi uma correria danada para conseguir tudo. Como eu não estou trabalhando, eu tive que arrumar uma patrocinadora (Obrigada, mãe! ❤), mas se você tem interesse em tirar o visto e tem seu próprio dinheiro, já tem alguns documentos a menos! Além disso, também pedem uma comprovação financeira de que você terá pelo menos 2 mil dólares canadense (isso  depende do tempo que você pretende ficar no país).

A Egali teve um papel fundamental para que eu conseguisse essa aprovação. Por mais que eu tivesse achado o processo um pouco demorado e fiquei bastante nervosa no decorrer desse processo, o meu consultor operacional (Tobias Lopes) sempre se demonstrou muito aberto a responder minhas dúvidas.

E então, há umas duas semanas eu recebi a confirmação de aprovação do visto canadense, 23 dias antes do meu embarque! Com quase tudo pronto: pacote fechado, passagem comprada, seguro saúde… acho que só deixei para comprar o dinheiro depois do resultado, porque no mais, já não tinha como voltar atrás. Confesso, foi ansiedade e expectativa desde o primeiro dia, pois realmente estava com medo de que não fosse dar certo. Mas deu! Então é só confiar, organizar todos os documentos corretamente e ficar no aguardo. #PartiuCanadá

O ponto positivo do visto canadense é que você não precisa viajar para nenhuma entrevista pessoal com o consulado, todo o sistema é online mesmo. Com isso, é extremamente importante que seus documentos estejam todos coerentes, porque você não terá chance de se explicar caso eles tenham alguma dúvida (eu utilizei a carta de intenção para explicar todos os documentos que eu estava enviando, os motivos que fizeram eu escolher o Canadá – já tem post sobre isso aqui, e também deixei muito claro que eu vou voltar ao Brasil e o que eu pretendo fazer quando regressar ao país e etc. Seja objetivo e demonstre suas intenções! 🙂 )

Eu não sei dar dicas para tirar o visto sozinho, mas quando estava no processo eu encontrei MUITO material bacana na internet que explicava cada detalhe do processo para se fazer em casa (você pode assistir esse Youtuber fazendo o passo a passo clicando aqui).

Se você já tem o visto canadense, me conta nos comentários como você conseguiu! 😊

Bom, faltando apenas 4 dias para o meu embarque, agora eu eu só aparecerei por aqui para dar notícias diretamente de Toronto! E para quem não sabe, fiz um instagram e lá terão postagens mais frequentes contando meu dia a dia. Segue lá @antesdostrintablog

No mais, muito obrigada por estarem comigo até aqui!

Fiquem de olho porque a nossa jornada está só começando <3

partiu

Até a próxima!!!

5 comentários em “Como tirar o visto canadense?

  1. Vivênciar a Ana preparando-se pra essa gde experiência, foi tenso…ansiedade à flor da pele…mas tb mtaaa a alegria e emoção, pq é um gde sonho dela esse intercâmbio!!!
    Tudo deu e vai continuar dando certo!!!Estarei de cá, sem perder nenhum post aqui e no Instagram!!!
    Boa viagem Aninha, que Deus te acompanhe!!!Amo vc!!!❤❤❤

  2. Oii, vou com meu namorado em junho /julho do ano que vem, meu maior medo é em relação ao visto, esses 2 mim dólares é para quanto tempo? 1 mês?

    1. Oi, Gisele! Então, meu maior medo era o visto também. Mas não tem com o que se preocupar! Só tomar cuidado em organizar e conseguir toda a documentação corretamente. Em relação ao dinheiro, fui orientada a falar sobre esses 2 mil dólares que eram referente ao tempo que eu vou ficar aqui (2 meses). Eu acho que isso deve ser relativo em relação ao tempo que você vai ficar no Canadá! Se você fechar pela Egali, eles vão saber te orientar sobre isso melhor. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *